Portal Oficial - Instituto Nacional de Estatística
      
 

Informação já disponivel para julho aponta para redução menos intensa da atividade económica
Síntese Económica de Conjuntura
Informação já disponivel para julho aponta para redução menos intensa da atividade económica - Julho de 2020
19 de agosto de 2020

Resumo

Na Área Euro (AE), o Produto Interno Bruto (PIB) em termos reais registou uma variação homóloga de -15,0% no 2º trimestre de 2020 (-3,1% no trimestre anterior). Em julho, o indicador de confiança dos consumidores na AE diminuiu, enquanto o indicador de sentimento económico recuperou. Os preços das matérias-primas e do petróleo apresentaram variações em cadeia de 4,6% e 5,4%, respetivamente (3,4% e 32,8% em junho).
Em Portugal, de acordo com a segunda estimativa rápida, a variação do PIB em volume no 2º trimestre foi -16,3% em termos homólogos (diminuição de 2,3% no 1º trimestre) e -13,9% em cadeia (-3,8% no trimestre anterior).
Não considerando médias móveis de três meses (ver secção seguinte), a informação disponível revela uma contração menos intensa da atividade económica em julho, quando comparada com o mês anterior. O indicador de clima económico aumentou entre maio e julho, após ter atingido em abril o valor mínimo da série. Os indicadores de confiança aumentaram em todos os setores de atividade, de forma mais expressiva na Indústria Transformadora. O indicador de confiança dos Consumidores diminuiu em julho, após ter recuperado nos dois meses anteriores.
O montante global de levantamentos nacionais, de pagamentos de serviços e de compras em terminais de pagamento automático na rede multibanco diminuiu 9,7% em julho, em termos homólogos, após ter diminuído 14,4% em junho. As vendas de veículos automóveis registaram taxas de variação homóloga de -17,6% nos automóveis ligeiros de passageiros, -19,4% nos comerciais ligeiros e +67,3% nos veículos pesados (-56,3%, -36,0% e -67,0% em junho, respetivamente).
De acordo com o Inquérito Rápido e Excecional às Empresas (COVID-IREE), os resultados apontam para uma melhoria da situação das empresas na primeira quinzena de julho. A percentagem de empresas em funcionamento foi 99% (+3 pontos percentuais (p.p.) que na quinzena anterior e +16 p.p. que em abril). No setor do Alojamento e restauração esta percentagem foi inferior (93%, representando um aumento de 11 p.p. face à quinzena anterior). Face à situação que seria expectável sem pandemia, 58% das empresas reportaram uma redução do volume de negócios na primeira quinzena de julho (66% na quinzena anterior e 80% em abril). No Alojamento e restauração e Transportes e armazenagem esta percentagem assumiu maior expressão (88% e 76%, respetivamente).
No 2º trimestre de 2020, a taxa de desemprego situou-se em 5,6%, 1,1 p.p. abaixo do valor registado no trimestre anterior (6,3% no período homólogo de 2019). A subutilização do trabalho passou a abranger 748,7 mil pessoas (694,7 mil no 1º trimestre), o que se traduziu num aumento da taxa de subutilização do trabalho de 12,9% para 14,0% do 1º para o 2º trimestre (12,4% no 2º trimestre de 2019). O emprego total apresentou uma diminuição homóloga de 3,8% (-0,3% no 1º trimestre), tendo a população ativa registado um decréscimo de 4,5% (variação homóloga de -0,4% no trimestre anterior). O volume de horas efetivamente trabalhadas diminuiu 26,1% em termos homólogos e decresceu 22,7% relativamente ao 1º trimestre. A redução do volume de horas trabalhadas está sobretudo associada ao aumento da população empregada ausente do trabalho (22,8% da população empregada), devido quase exclusivamente à redução ou falta de trabalho por motivos técnicos ou económicos da empresa (que inclui a suspensão temporária do contrato e o layoff).
A variação homóloga do Índice de Preços no Consumidor (IPC) situou-se em 0,1% em julho (variação idêntica em junho), observando-se uma taxa de variação de -0,2% na componente de bens (-0,9% no mês anterior) e de 0,6% na componente de serviços (menos 1,0 p.p. que o verificado no mês anterior).


Destaque
Download do documento PDF (791 Kb)
Quadros
Excel Excel (114 Kb)
ZIP CSV (5 Kb)