Portal Oficial - Instituto Nacional de Estatística
      
 

Preços da Habitação aumentaram 8,4% em 2020 e 8,6% no 4º trimestre de 2020
Índice de Preços da Habitação
Preços da Habitação aumentaram 8,4% em 2020 e 8,6% no 4º trimestre de 2020 - 4.º Trimestre de 2020
23 de março de 2021

Resumo

Em 2020, o Índice de Preços da Habitação (IPHab) aumentou 8,4%, menos 1,2 pontos percentuais (p.p.) que em 2019. O aumento médio anual dos preços das habitações existentes (8,7%) superou o das habitações novas (7,4%).
No 4º trimestre de 2020, a taxa de variação homóloga do IPHab foi 8,6%, mais 1,5 p.p. que no trimestre anterior. Neste período, os preços das habitações existentes aumentaram a um ritmo inferior ao das habitações novas, 8,5% e 9,0%, respetivamente.
Em 2020 foram transacionadas 171 800 habitações, menos 5,3% que em 2019. Em valor, os alojamentos transacionados totalizaram 26,2 mil milhões de euros, o que representa um aumento de 2,4% face ao ano anterior. O valor das transações de habitações novas aumentou 9,3%, para 5,4 mil milhões de euros e o das habitações existentes aumentou 0,7% para 20,8 mil milhões de euros.
Entre Outubro e Dezembro de 2020, transacionaram-se 49 734 habitações, traduzindo se numa taxa de variação homóloga de 1,0% e num aumento, face ao trimestre anterior, de 10,2%. Nos últimos três meses do ano, o valor das habitações vendidas ascendeu a 7,5 mil milhões de euros, mais 8,7% face a idêntico período de 2019.

Apesar das circunstâncias determinadas pela pandemia COVID-19, o INE apela à melhor colaboração das empresas, das famílias e das entidades públicas na resposta às suas solicitações. A qualidade das estatísticas oficiais, particularmente a sua capacidade para identificar os impactos da pandemia COVID-19, depende crucialmente dessa colaboração que o INE antecipadamente agradece.


Destaque
Download do documento PDF (861 Kb)
Quadros
Excel Excel (45 Kb)