Portal Oficial - Instituto Nacional de Estatística
      
 

Taxa de variação homóloga do IPC deverá manter-se em 0,5%
Estimativa Rápida do IPC/IHPC
Taxa de variação homóloga do IPC deverá manter-se em 0,5% - Março de 2021
31 de março de 2021

Resumo

Tendo por base a informação já apurada, a taxa de variação homóloga do Índice de Preços no Consumidor (IPC) terá sido 0,5% em março de 2021, valor idêntico ao registado em fevereiro. O indicador de inflação subjacente (índice total excluindo produtos alimentares não transformados e energéticos) terá desacelerado em março, passando de uma variação homóloga de 0,7% em fevereiro para 0,2%. A taxa de variação homóloga do índice relativo aos produtos energéticos terá sido 2,3%, significativamente acima do verificado no mês anterior (-3,0%), enquanto o índice referente aos produtos alimentares não transformados terá apresentado uma variação de 1,3% (1,4% em fevereiro).
Relativamente ao mês anterior o IPC terá tido uma variação de 1,4% (em fevereiro, a variação mensal foi -0,5% e em março de 2020 tinha sido 1,4%).
Estima-se uma variação média nos últimos doze meses nula, valor idêntico ao registado no mês precedente.
O Índice Harmonizado de Preços no Consumidor (IHPC) português terá registado uma variação homóloga de 0,1%
(0,3% no mês anterior).
Os dados definitivos referentes ao IPC do mês de março serão publicados no próximo dia 13 de abril.

Apesar das circunstâncias determinadas pela pandemia COVID-19, o INE apela à melhor colaboração das empresas, das famílias e das entidades públicas na resposta às suas solicitações. A qualidade das estatísticas oficiais, particularmente a sua capacidade para identificar os impactos da pandemia COVID-19, depende crucialmente dessa colaboração que o INE antecipadamente agradece.


Destaque
Download do documento PDF (178 Kb)