Portal Oficial - Instituto Nacional de Estatística
      
 

Taxa de juro subiu para 0,803%, capital em dívida e prestação mensal fixaram-se em 57 688 euros e 251 euros, respetivamente
Taxas de Juro Implícitas no Crédito à Habitação
Taxa de juro subiu para 0,803%, capital em dívida e prestação mensal fixaram-se em 57 688 euros e 251 euros, respetivamente - Outubro de 2021
23 de novembro de 2021

Resumo

A taxa de juro implícita no conjunto dos contratos de crédito à habitação foi 0,803% em outubro (0,785% no mês anterior). Nos contratos celebrados nos últimos três meses, a taxa de juro desceu de 0,702% em setembro para 0,665% em outubro. No mês em análise, o capital médio em dívida aumentou 354 euros, fixando-se em 57 688 euros. A prestação média apresentou o maior aumento desde o início da atual série, subindo 14 euros, para 251 euros. De notar que os resultados do mês de outubro estão influenciados pelo fim do regime de moratórias bancárias no crédito à habitação, implementadas no contexto da pandemia COVID-19 que, recorde-se, teve início em abril de 2020 e originou reduções na taxa de juro implícita e na prestação média.


Destaque
Download do documento PDF (416 Kb)
Quadros
Excel Excel (211 Kb)
ZIP CSV (44 Kb)