Portal Oficial - Instituto Nacional de Estatística
      
 

Exportações e importações aumentaram 82,4% e 60,4%, em termos nominais, superando no caso das exportações o nível do período homólogo de 2019
Estatísticas do Comércio Internacional
Exportações e importações aumentaram 82,4% e 60,4%, em termos nominais, superando no caso das exportações o nível do período homólogo de 2019 - Abril de 2021
09 de junho de 2021

Resumo

Em abril de 2021, as exportações e as importações de bens registaram variações homólogas nominais de +82,4% e +60,4%, respetivamente (+28,7% e +13,0%, pela mesma ordem, em março de 2021). Note-se que estas variações homólogas, em abril, incidem sobre o mês de 2020 em que o impacto da pandemia COVID-19 se fez sentir de forma mais intensa, correspondendo ao mês com os menores valores absolutos e com os maiores decréscimos homólogos de todo o período pandémico. Face a abril de 2019, verificaram-se variações de +7,0% e -2,6%, pela mesma ordem, sendo de mencionar que as importações nesse mês de 2019 foram particularmente elevadas em consequência da aquisição ao exterior de Material de transporte.
Excluindo Combustíveis e lubrificantes, as exportações e as importações aumentaram 82,1% e 60,1%, respetivamente (+28,1% e +15,8%, pela mesma ordem, em março de 2021). Em comparação com abril de 2019, as exportações cresceram 8,4% e as importações diminuíram 0,6%.
O défice da balança comercial de bens aumentou 70 milhões de euros face ao mês homólogo de 2020 (diminuiu 525 milhões de euros em relação a abril de 2019), atingindo 1 255 milhões de euros em abril de 2021. Excluindo Combustíveis e lubrificantes, o défice atingiu 890 milhões de euros.
No trimestre terminado em abril de 2021, as exportações de bens aumentaram 31,0% e as importações cresceram 15,8% face ao trimestre terminado em abril de 2020 (+6,1% e -5,0%, pela mesma ordem, no 1º trimestre de 2021). Comparando com o trimestre terminado em abril de 2019, as exportações aumentaram 7,5% e as importações diminuíram 2,8%.
No período acumulado de janeiro a abril de 2021, face ao mesmo período de 2019, as exportações aumentaram 3,9% e as importações registaram uma diminuição de 6,7%. Destacaram-se em ambos os fluxos os decréscimos no Material de transporte (-4,8% nas exportações e -29,1% nas importações) e os aumentos nas Máquinas e outros bens de capital (+13,1% e +4,5%, respetivamente) e nos Fornecimentos industriais (+3,3% e +5,0%, pela mesma ordem).
Este destaque integra ainda uma caixa com os principais resultados referentes ao ano de 2020, incluindo uma comparação entre as evoluções das exportações e das importações portuguesas com, respetivamente, as importações e as exportações globais dos três principais parceiros comerciais da economia portuguesa (Espanha, França e Alemanha), beneficiando da informação recentemente disponibilizada pelo Eurostat.


Destaque
Download do documento PDF (1525 Kb)
Quadros
Excel Excel (286 Kb)
ZIP CSV (31 Kb)