Portal Oficial - Instituto Nacional de Estatística
      
 

Aumento expressivo do número de horas trabalhadas determina diminuição do Índice de Custo do Trabalho
Índice de Custo do Trabalho
Aumento expressivo do número de horas trabalhadas determina diminuição do Índice de Custo do Trabalho - 2.º Trimestre de 2021
13 de agosto de 2021

Resumo

O Índice de Custo do Trabalho (ICT) ajustado de dias úteis diminuiu 2,4% no 2.º trimestre de 2021. No trimestre anterior tinha aumentado 7,1%.

Os custos salariais (por hora efetivamente trabalhada) diminuíram 4,7% e os outros custos (também por hora efetivamente trabalhada) aumentaram 7,2%, em relação ao mesmo período do ano anterior. Para o aumento dos outros custos no 2º trimestre de 2021 contribuiu o acréscimo nas contribuições patronais decorrente da diminuição significativa de empresas abrangidas pelo regime de layoff simplificado no setor privado da economia.

Esta evolução resultou também da conjugação do acréscimo de 7,3% no custo médio por trabalhador e do acréscimo de 10,8% no número de horas efetivamente trabalhadas por trabalhador. O aumento desta última componente foi observado na maioria das atividades, com exceção da construção, onde se observou uma redução, tendo sido particularmente elevada nas atividades do setor público (13,3%). O acréscimo do custo médio por trabalhador também foi transversal a todas as atividades económicas, tendo a menor variação sido observada no setor público (2,5%).


Destaque
Download do documento PDF (748 Kb)
Quadros
Excel Excel (31 Kb)
ZIP CSV (4 Kb)